Posted by : Dento Aug 25, 2016



O S.S. Aqua percorria a toda velocidade as águas calmas do Oceano. Ethan, Amy e Forrest curtiam a viagem e se encantavam pela maravilhosa vista que o navio de luxo proporcionava. Eles aproximavam-se das Ilhas dos Redemoinhos, um lugar próximo da Rota 41 de Johto.

— Que sorte a nossa poder tirar férias da melhor maneira possível...  — Suspirou Amy.
— A Liga Pokémon é só em Fevereiro, na Primavera. Nós temos um bom tempo até lá. — Comentou Forrest.
— No mês do meu aniversário. — Disse Ethan, sorrindo.
— Você já tem quatro Insígnias. Está na metade do caminho. E está indo muito bem. — Forrest comemorou.
— Cianwood tem um Ginásio. Assim que conseguirmos pegar o remédio do Amphy na farmácia, a gente parte direto pra lá! — Exclamou Amy.
— É isso aí! Mas eu não quero pensar em batalhas hoje. Vamos curtir a viagem. — Disse Ethan sentando numa espreguiçadeira no convés do navio.

Os Pokémon dos treinadores curtiam a brisa que batia em seus rostos. Os menores, junto com Nidoran♂, brincavam entre si enquanto os mais velhos permaneciam concentrados. Scyther era o mais isolado de todos.

— O que você vai fazer com ele, Ethan? — Perguntou Amy, sentando-se ao lado do amigo.

Ethan ergueu a cabeça.

— Com quem? Com Scyther? Eu não sei ainda... Bem, ele é o meu Pokémon, então eu acho que mais cedo ou mais tarde a gente vai ter que se acertar... Eu só tinha três insígnias quando eu o capturei, agora eu tenho quatro. Não é possível que esse monstrinho não me obedeça... — Disse o garoto voltando a se deitar na espreguiçadeira.

Duas pessoas observavam o movimento do navio. A moça de cabelos púrpuros estava de óculos e um biquíni com estampa de PokéBola. O outro estava de óculos, com uma boina escura cobrindo seus cabelos ondulados, deitado sob uma espreguiçadeira, com uma perna sobre a outra. Mari e Léo estavam dentro do navio, disfarçados como um casal comum. Observando o movimento, se preparavam para colocar mais um plano em prática.

— Mari... Como estamos indo? — Perguntou Léo quase em um sussurro inaudível.
— Por enquanto, não temos nada de interessante... Espere o Silver dar a ordem. — Comentou a moça, indiferente.

Léo suspirou.

— Tédio... — Suspirou o rapaz.
— Ao menos podemos usufruir de todos os serviços desse transatlântico maravilhoso... E quem sabe até mesmo descolar uns Pokémon de uns treinadores otários... Vai ser bom pra Equipe Rocket. E nós trabalhamos demais, merecemos umas férias. — Disse Mari passando protetor solar nas costas do namorado.
— Já tivemos férias demais com a morte do Giovanni... — Comentou Léo de forma séria.

Cada vez mais o navio se aproximava de grandes redemoinhos no meio das águas. Aquilo chamou a atenção de Amy.

— A Ilha dos Redemoinhos...? — Cochichou para si mesma.

Um celular começou a tocar. Mari atendeu.

Prateado. — Disse a voz de Silver no aparelho.
— “Prateado”. — Repetiu a moça em voz alta.

Amy se virou abruptamente.

— “Prateado”...? — E encarou Mari, estática.

A mulher deu um sorriso sádico para Amy e fechou o telefone.

A garota correu na direção de Mari, mas ela foi mais ágil e saltou do convés do navio em direção ao oceano.

O estibordo explodiu. Vários agentes da Equipe Rocket disfarçados de viajantes imitaram a mulher, deixando várias pessoas que, sem entender nada, corriam desesperadas de um lado para o outro com medo da explosão.

Amy pegou sua bolsa, recolheu seus Pokémon em uma velocidade incrível e deixando Ethan e Forrest para trás, pulou e afundou nas águas profundas, próximo de um redemoinho fatal.

Os garotos se entreolharam e recolheram seus Pokémon. Em um ato de impulso, Ethan pulou no oceano e liberou Wooper, que guiou o treinador nas águas turbulentas.

Forrest não tinha nenhum Pokémon aquático, mas a ajuda veio voando. Charizard pousou ao seu lado trazendo consigo seu treinador, Red. O rapaz pousou no casco do navio e retornou seu dragão, puxando outras duas PokéBolas.

Lapras e Blastoise surgiram e, com uma troca de olhares, Forrest havia entendido o recado. Enquanto o moreno montava no casco de Lapras, Red segurava nos poderosos ombros de Blastoise, que, ao se certificarem que seus passageiros estavam seguros, pularam na água e afundaram no oceano.

Debaixo d’água, treinadores e Pokémon desviavam dos enormes redemoinhos. Ethan surpreendeu-se ao ver que aquele grande grupo se aproximava de cavernas submarinas. Ele nunca havia pensado na hipótese de haver aquele tipo de coisa no fundo do mar. Os Pokémon aproximavam-se com velocidade.

Na entrada da caverna, seguiram-se para cima, chegando logo em terra firme aonde, misteriosamente, a água do Oceano não chegava. Havia oxigênio ali.

Os capangas da Equipe Rocket saíram da água e correram desembestados para dentro da profunda da caverna, sendo seguidos por Amy.

Ethan, Red e Forrest chegaram à ilhota e retornaram os Pokémon. A Equipe Rocket e Amy corriam tão rápido que eles acabaram perdendo-os logo de vista.

— Sensacional. Estamos no fundo do mar, perdidos, e com a Amy atrás da Equipe Rocket. O que tá faltando pra coroar nosso dia? — Perguntou Ethan com certo sarcasmo na voz.
— Vamos ter que trabalhar juntos se quisermos ajudar a Amy e descobrir o motivo da Equipe Rocket ter invadido o navio. — Disse Forrest, sério.
— O motivo eu até imagino. — Comentou Red.
— E qual seria? — Questionou Ethan olhando sério para o rapaz.
— Eles estão atrás do Lugia. — Respondeu o garoto.

Ethan e Forrest o encararam sério.

— Lugia? — Dessa vez, fora Forrest que perguntou.
— O guardião dos mares.
— Não era aquele Pokémon da lenda de Ecruteak? — Perguntou Ethan.
— Sim... Pode crer! — Exclamou Forrest. — Mas o que ele tá fazendo aqui?
— Esse é o atual lar de Lugia. É aqui que ele repousa. Por algum motivo que desconheço, a Equipe Rocket está atrás deste Pokémon.

Ethan pareceu refletir por um momento.

— Quando Giovanni morreu, a Equipe Rocket estava em Ecruteak. Na Torre Queimada. Onde habitava Ho-Oh. Hoje, eles estão aqui, no lar de Lugia.

Red captou o pensamento.

— Então eles realmente estão atrás dos dois pássaros guardiões... A questão é: Por quê?
— Acho que teremos todos que descobrir essa resposta... A Amy não citou nada a respeito. — Comentou Forrest.
— Hm... Você tem razão. Enquanto pensamos, vamos atrás de Lugia. Temos que chegar antes dos Rockets. — Disse Red.
— Ué. Mas a gente não tem que ir atrás da Amy? — Perguntou Ethan.
— Acredite, garoto... Ela já está bem crescidinha. Conhece eles melhor que nós todos e sabe cuidar de si mesma. Vamos atrás do Lugia. — Red acelerou o passo enquanto Ethan e Forrest se encaravam.

De duas PokéBolas de Ethan saíram Scyther e Nidoran♂. Os dois Pokémon foram escolhidos para fazer a escolta dos humanos por entre os caminhos estreitos daquela caverna submarina. A pressão incomodava a cada passo que o trio dava em direção aos confins daquele lugar.

Grandes estalactites e estalagmites enfeitavam aquela caverna. A água aos pés dos garotos era cristalina, eles podiam ver seus reflexos sem se esforçar muito. Não se ouvia o barulho do oceano do lado de fora da caverna. O lodo da caverna impregnava nos pés de todos e, vez em quando, os fazia escorregar.

Caminharam por alguns bons minutos. O silêncio incomodava. Apenas a respiração daquele trio fazia companhia, visto que nenhum Pokémon estava por ali.  A sensação era muito esquisita. A caverna fazia eco e a respiração do grupo sempre dava a impressão de que havia bem mais seres ali do que os olhos podiam ver.

O som de uma cachoeira chamou a atenção. O grupo aproximou-se da saída da caverna.

A Equipe Rocket estava na base de uma imensa cachoeira. As águas jorravam com imensa velocidade e poder. Amy estava cercada por meia dúzia de capangas enquanto Silver concentrava sua atenção em uma jovem garota asiática vestida com um quimono.

— Muito bem, senhorita Naoko... Entregue logo o que queremos. — Disse Silver de forma ameaçadora.
— Mas... Mas eu não posso... Não posso! — Dizia a jovem com lágrimas de desespero nos olhos.
— É muito simples. Entregue-nos a Asa de Prata, ou... Espero que você saiba nadar.

A voz de Red ecoou pela caverna.

— Mas que falta de cavalheirismo os senhores tratarem as damas desta forma tão grosseira...

Amy o encarou de forma irônica.

— Não se faça de gentleman. Você não serve pra essas coisas.
— Cês desculpem a ignorância, mas eu tô sem tempo. Scyther, Quick Attack! Nido, Double Kick! — Exclamou Ethan.

Scyther disparou veloz e derrubou sozinho muitos capangas Rocket que foram pegos de surpresa. Nidoran♂ correu e atingiu Silver no rosto com o Double Kick, fazendo-o cambalear para trás.

A Equipe Rocket em peso sacou PokéBolas. Forrest e Red liberaram Graveler e Pikachu, respectivamente, como se um já soubesse a estratégia do outro.

— Graveler, Rollout!
— Pikachu, Volt Tackle!

Os dois Pokémon partiram acelerados em direção aos Rockets que ainda permaneciam de pé, derrubando vários de uma vez só, além de eletrocutar alguns outros.

Silver ergueu-se num pulo. Irritado, dirigiu-se com velocidade em direção à Naoko, puxando-a pelo braço depois em direção à Amy. Com um sorriso maligno, Silver se atirou do penhasco com as duas reféns.

Do bolso de Naoko, um brilho prateado emanou, cegando a todos ali.

Um berro agudo e poderoso foi ouvido por todos os presentes. As águas da cachoeira pararam de correr. Como uma cortina, elas abriram-se e revelaram um grande ser.

Lugia era um grande Pokémon que se assemelhava a um dragão e um pássaro. Seu corpo era um prateado-perolado com partes inferiores azuis. Ele tinha uma boca semelhante a um bico, embora tivesse dentes pontiagudos sobre a mandíbula inferior. Tinha um pescoço longo e fino e grandes asas que se assemelhavam a mãos.




Encarou todos os humanos de uma forma severa. Ele estava irritado. Enquanto isso, Silver, Amy e Naoko caiam de forma silenciosa.

O imenso Pokémon se dirigiu ao fundo do penhasco com velocidade, fazendo com que os três pousassem de forma suave no dorso de suas costas. Levando-os para cima, os depositou em segurança. Os três se levantaram. Naoko correu para se esconder atrás de Amy.

Silver mantinha o sorriso maligno no rosto.

— Lugia! Eu sei que você veio para salvar sua guardiã... — E apontou para Naoko. — Mas agora, você será obrigado a obedecer a um novo mestre...

O ruivo retirou do bolso da calça uma PokéBola diferente. A metade superior dela era roxo, com uma letra "M" branca na parte dianteira, com um círculo rosa em ambos os lados.

— O que é isso? — Questionou Ethan.
— É uma... MasterBola...! A PokéBola mais poderosa de todas! — Exclamou Red.

Silver arremessou a esfera em Lugia que foi sugado por um raio púrpuro. A MasterBola caiu ao chão sem se mover, já trancando o Pokémon dentro de si, sem esforço algum. Lugia estava capturado.

— Sim! Finalmente! — Silver deu uma risada maligna.

Amy correu em disparada em direção ao garoto socando-o na cara. A MasterBola escapuliu das mãos de Silver, rolando pelo penhasco, até cair em direção à escuridão.

Os Rockets exclamaram. Silver riu.

— Missão cumprida. Retirada. Já! — Ordenou o ruivo para os agentes.

Todos começaram a esvaziar a caverna. A MasterBola ia caindo, batendo nas pedras, até que o botão central da cápsula fora pressionado em um impacto violento, fazendo com que Lugia fosse liberado. A criatura colossal subiu raivosa em direção ao topo, abrindo um buraco no teto da caverna com um poderoso Aeroblast, por onde saiu em direção ao desconhecido.

A água salgada do oceano começou a invadir aquela caverna. Red, Ethan, Amy e Forrest recolheram seus Pokémon e retornaram para a entrada, onde nadaram até a superfície e viram aquela caverna submarina desmoronar.

***

A guarda costeira ajudou-os a chegar na Ilha de Cianwood, onde receberam os primeiros cuidados do Centro Pokémon local. Os garotos estavam encharcados.

— Bem... Acho que acabamos chegando ao destino. — Disse Ethan secando-se.
— Não se animem muito. A Equipe Rocket está mais poderosa. — Red entoou de forma mais baixa do que o convencional, como se temesse.
— Mas... Eles não conseguiram levar o Lugia, não é mesmo? Acho que podemos ficar mais tranquilos... — Comentou Forrest.

Amy estava séria.

— O que foi Amy? — Perguntou Red.
— Hã? Ah... Nada. Estou perdida em pensamentos mesmo... — Respondeu a garota.

Red levantou.

— Com licença. — E se dirigiu à saída do Centro Pokémon.
— Pra onde ele vai? — Perguntou Ethan.
— Eu não sei... Acho que vai atrás da Equipe Rocket de novo... — Teorizou Forrest.

No lado de fora do Centro Pokémon, no topo das montanhas aos arredores, Suicune encarava a ilha de Cianwood com seu porte majestoso.

A Equipe Rocket mais uma vez ataca. E dessa vez, quase levaram consigo o Pokémon Lendário, Lugia. Quais são os planos dessa vez? E a visita de Suicune tende a trazer novos mistérios... Ao menos, tendo chegado ao destino, a jornada de Ethan, Amy e Forrest continua.

TO BE CONTINUED...






{ 11 comentários... read them below or Comment }

  1. Olá!

    E aqui estamos nós em alto mar! Pelo menos durante alguns minutos, certo?

    A velocidade deste capítulo foi bem acelerada comparada com os últimos, mas isso não tem de ser uma coisa má, porque na verdade, para um plano como os da Team Rocket como este, as coisas têm de ser feitas a uma grande velocidade, para que não saiam do controle, certo?

    Agora, confesso que fiquei muito curioso para saber se Silver conseguiu mesmo ou não apanhar Lugia. Não percebi se ele o capturou e depois ele saiu da Master Ball, aos seus comando ou não conseguiu absolutamente nada... mas se ele não tivesse conseguido nada ele não diria "Missão cumprida." certo?

    Muito ansioso para o próximo ginásio e para o mistério do Suicune! Eusine também está por perto?

    Bye!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Angel!

      Ao menos, aquele seu desejo foi levado em consideração, mesmo que só um pouquinho. kkkk

      Depois de alguns capítulos longos, voltamos a ter um mais curtinho e ligeiro, pra não perder o hábito. XD Logo logo, os mais longos acabam retornando naturalmente. É porque, como você disse, acho que pra não encher muita linguiça, ficar enrolando, achei legal ser objetivo em um capítulo desses.

      Bem, Silver realmente o capturou, mas Lugia escapou. Resta saber os verdadeiros planos dos Rockets...

      O Ginásio, Eusine e o Suicune estão chegando. Eu também estou ansiosíssimo pra eles! XD

      See ya, man!

      Delete
  2. Vai ser muito interessante ver o Red do AeK mostrando os pokemon do Red do AeJ antigamente,mesmo que o Red do AeJ seja mais velho que o Red do AeK que é mais jovem que o Red do AeJ mesmo aparecendo depois que ele (Fiquei confuso)

    Silver quase pegou o Lugia ,sendo essa uma das primeiras missões dele como lider,esse cara promete como vilão

    ''Estou perdida em pensamentos'' - Perdida em pensamentos sozinha

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Donnel!

      AeK ainda está na fase inicial. Chegará ao ponto dos eventos seguirem paralelos ao AeJ. Então, são os mesmos personagens na mesma linha do tempo. XD

      Silver mostrou que tá sabendo o que fazer como líder, né? (Pelo menos por enquanto). Vamos ver até quando isso vai durar.

      Amy deve se cuidar... Agora as vinganças vão vir a curto prazo.

      Espero que continue curtindo a história!

      See ya, man!

      Delete
  3. Ei Dento, desculpa a demora do comentário, é que eu fiquei viciadão em Coiling Dragon, uma web novel chinesa. Cheguei a ler mais ou menos oitocentos capítulos em mais ou menos uma semana, cada um com umas três mil palavras.

    Mudando de assunto, muito bom o trabalho que fez nos dois cáps, fez eles serem rápidos, mas sem perder os detalhes importantes, praticamente a sua marca como autor. Achei interessante o fato da aparição do Lugia ser tão rápida, o que é sinal de que um dos grandes desfechos vai ocorrer, o que o nó ainda vai aumentar mais!

    Muito obrigado pelo cáp Dento, até a próxima.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Sir!

      Não tem problemas. Coiling Dragon, é? Vou pesquisar! (Cara, mano, oitocentos capítulos?! Você é MUITO ninja!)

      Fico feliz que você tenha curtido! Creio que vez em quando, esses capítulos longos estarão dando as caras pra quebrar o ritmo (de uma forma boa, espero). Ainda está meio cedo pro Lugia colocar todo seu esplendor na história, mas eu vou atiçando um pouquinho a curiosidade fazendo ele aparecer aqui e acolá. XD

      Espero que você continue acompanhando!

      See ya!

      Delete
    2. Preciso de um ombro amigo, porque terminei de ler Coiling Dragon, e descobri que...

      ALERTA SPOILER:

      Lin Meng de Stellar Transformations é Linley de Coiling Dragon, assim conectando as histórias!!!!!

      Delete
  4. Malditas ilhas que trazem problemas (só eu sempre me perdia por lá? )

    Yooooo Dentooooooooo

    Mas é logico que não iria ser uma simples viajem de barco (não estamos em hoenn)tinha ter barraco,confusão e gritaria se não,não tinha graça passar em branco.
    Eu queria saber como aquele projeto de sapo consegue levar um treinador (e aprender Ice Punch)
    Caro como eu gosto do Lugia é tão trabalhoso pegar ele e tão epico o modo que você faz isso no fundo do Mar e zás (Ho-Ho é legalzinho mas eu não gosto muito dele....)tem aquela mega cachoeira e alguém explica pro Silver que não pode fazer Bang-Jump com reféns,esse pessoal que nunca segue as regras tsc,tsc precisa explicar que só um se mata por vez,pessoal irresponsável huasuas
    Cara como ele tem uma Master Ball ?Me ensina a conseguir mais?Só umas 100 pra deixar guardado,não conto ppra ninguém.
    Como você quer um líder que se joga de precipícios? Acabo de morrer um ,o outro quer ir bater um papo com o Giovanni.

    Ótimo Capítulo,Curto mas objetivo


    See Ya

    Ps:Malz pelos atrasos enormes e sumiço

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Dark!

      Primeiramente, eu que peço desculpas pelo meu atraso, pela falta de postagens e pelo meu sumiço. Altas tretas da faculdade...

      Enfim.

      Primeiramente, #ChupaSigert. Johto rainha, Hoenn nadinha.

      Segundamente: Como aquele projeto de sapo aprende Ice Punch e o Scyther não voa são os mistérios do universo que a ciência não tem a resposta.

      Terceiramente: Lugia, melhor Lendário.

      Quartamente: Tráfico de Master Ball tá bem comum, viu? Acho melhor irmos trabalhar pros Rockets. Eles pegam Lendários, fazem esportes radicais e ainda por cima tem estoques infinitos de Master Ball. #Partiu EHAUEAHUEAHEUHEA

      Quintamente: Acho que o Silver deve ter assuntos pendentes, pra tratar pessoalmente com o Giovanni, porque olha, tá difícil. HEAUEAHUEAHEAUHEA XD

      Fico muito feliz que você tenha curtido!

      See ya, man!

      Delete
  5. Que forma incomum de se chegar a Cianwood, com um navio explodindo e uma caverna submarina desmoronando. Isso porque eu nem mencionei que Lugia saiu voando de lá de dentro, mas isso são detalhes...

    Primeiramente gostaria de sair em defesa dos ataques acima, dizendo que para Hoenn é um orgulho que nossos mares sejam seguros, diferente dessa bagunça que a gente vê por aqui. Então se aquietem, quando dizem que lá não acontece nada pra nós é uma coisa boa. :v

    *E continuará assim enquanto uma certa trupe de idiotas não resolver fazer besteira despertando um ser pré-histórico ou coisa parecida...*

    Eu fiquei surpreso vendo a Naoko como guardiã do Lugia. Agora não lembro se isso já foi mencionado antes e eu deixei escapar. De qualquer forma as circunstâncias apontam para uma nova aparição dela futuramente.

    Bem, são várias perguntas não respondidas até o momento, acho que só com o tempo elas vão ser respondidas mesmo, então paciência. O foco agora é o ginásio de Cianwood, quero ver o que o Ethan tem planejado para enfrentar o Chuck, que sempre foi um líder enjoado de enfrentar.

    Até! õ/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo Shadow!

      Acho que AeJ tá cheio dessas coisas incomuns. Muito provavelmente porque eu posso ser hiperativo, e ver as coisas muito calmas e muito certinhas me tira do sério. Mas, como sabemos que isso não é verdade, eu apenas gosto de barraco e confusão, então to sempre fazendo isso acontecer.

      Falando em barraco e confusão, JOHTO RAINHA, HOENN NADINHA. HAHAHA

      (Mentira, leitores, Johto e Hoenn são irmãs que se amam e que se respeitam. Seus autores também, inclusive - às vezes).

      Em um especial que não foi publicado, foi indicado que Naoko e as Kimono Girls eram, como nos jogos, guardiãs dos lendários Lugia e Ho-Oh. Problema é que esse capítulo havia sido escrito junto com o Chronicles desse especial. Mas, não lembro o motivo, ele não foi ao ar, mas o capítulo se manteve. Pelo menos fica aí a referência dessas personagens.

      Cianwood está aí. Logo logo, a disputa pela quinta insígnia do Ethan vai acontecer. E garanto que o Chuck não vai ser figura muito fácil de passar por cima não.

      Espero que continue curtindo!

      See ya!!

      Delete

- Copyright © 2015 - 2018 Aventuras em Johto - Dento (Willian Teodoro) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -