Posted by : Dento Mar 17, 2016




Chateado por ter sido derrotado no Ginásio de Goldenrod, Ethan agora estava deitado em um dos quartos do Centro Pokémon. Tentava pensar em uma estratégia para poder vencer Miltank, mas nada lhe vinha à cabeça.

Acompanhavam-lhe no quarto seus melhores amigos e companheiros de viagem Forrest — que lia um livro de título “Tudo Sobre Pokémon Competitivo: Torneios e Batalhas” — e Amy — que mexia em um Notebook.

— Argh! Eu não consigo pensar em nada pra deter aquela vaca gorda da Whitney! — Xingou Ethan.
— Vulgo Miltank. — Disse Forrest.
— Se tivesse alguma maneira de bloquear o ataque da Miltank...
— Deve ter sim. Tudo é possível. Whitney é uma das Líderes de Ginásio mais duronas da região de Johto. Quase ninguém bate de frente com ela. — Disse Amy.

Ethan olhava para suas PokéBolas.  Havia capturado tantos amigos que se comprometeram a ajuda-lo em viagem... Não podia desistir. Ele tinha que conseguir vencer.

— Acho que já está na hora de dormir, gente... Amanhã é um grande dia, não acham? — Disse Ethan.
— É, tem razão... Boa noite. — Disse Amy guardando o Notebook.
— Se estão dizendo... — Disse Forrest marcando a página do livro que lia.

As luzes foram apagadas. Os jovens adormeceram.

...

Na calada da noite, Ethan revirava-se na cama. Imagens confusas passavam em sua cabeça.

Estava no laboratório do Professor Elm.  Recordava-se da ocasião. Foi quando Silver roubou Totodile e Ethan pegou Cyndaquil. Havia uma estátua lá. Dourada. Com duas figuras elegantes.

— Lugia e Ho-Oh... — Disse.

Tudo desapareceu. Ethan sentiu que estava se movendo. Que estranho. O garoto não movia as pernas.

Voltara novamente à cena em que dois gigantes duelavam. Agora ele reconhecia. Lugia e Ho-Oh lutavam ferozmente. Ele via Amy caída no chão desfalecida.

Lugia disparou o Aeroblast em direção a Ethan. Wobbuffet estava fora da PokéBola e protegeu o garoto com Mirror Coat.

O sonho trouxe a realidade. Tudo estava claro para Ethan.

...

Na manhã seguinte, os garotos tomavam café da manhã no refeitório do Centro Pokémon. Enquanto jogavam conversa fora, Ethan ainda pensava em uma estratégia para enfrentar novamente Whitney e ganhar sua terceira insígnia da Liga Pokémon.

Um barulho chamou a atenção. Uma muvuca parecia estar vindo do lado de fora do Centro Pokémon.

Ao saírem lá fora junto com outras pessoas, Ethan, Amy e Forrest viram o fã-clube fazendo a maior algazarra. Tocavam vuvuzelas e exibiam cartazes que exibiam fotos de Ethan e mensagens como “O Melhor Treinador de Johto” e “Chutador de Traseiros”.

— O que vocês estão fazendo? — Perguntou Ethan envergonhado.
— Estamos aqui para demonstrar nosso apoio ao maior treinador Pokémon da região de Johto: Você! — Exclamou um velhinho.

Os outros começaram a fazer barulho.

A Enfermeira Joy saiu com um olhar zangado.

— Vocês pensam que estão em um jogo de futebol pra fazer essa algazarra toda? Ainda faltam oito meses pra começar a Liga Pokémon! Existem Pokémon doentes repousando lá dentro e vocês fazem essa bagunça toda aqui fora? — Brigou a Enfermeira.

Um dos velhinhos soprou forte a vuvuzela e saiu correndo.

— Nos vemos no Ginásio, Ethan! — Berrou Katherine.
— Velhinhos vida louca... — Sorriu Ethan.

A Enfermeira Joy olhava para o garoto com um olhar bravo.

— Acredite, eu não tenho nada a ver com isso. — Disse Ethan assustado.
— Sei... Mas você vai enfrentar o Ginásio de Goldenrod de novo? — Perguntou Joy.
— Sim. Vou tentar minha revanche. Por quê? — Perguntou Ethan.
— Tenho algo pra você... — A Enfermeira Joy entrou no Centro Pokémon e voltou instantes depois com um embrulho em mãos que deu para Ethan.
— Hã? O que é isso? — Perguntou o garoto.
— É uma Tecnical Machine, ou apenas TM. Contém um golpe especial que você pode ensinar para um Pokémon. Esse é o TM28 que contém o golpe Dig. Acho que você vai se sair muito bem com ele. — Disse Joy.
— Obrigado, Enfermeira Joy. — Agradeceu Ethan pegando o TM.
— Use-o com sabedoria. 
— Certo. Estamos seguindo para o Ginásio agora. Nos deseje sorte.
— Boa sorte. — Disse a Enfermeira Joy com um doce sorriso.

Depois de aproximadamente uma hora — onde Ethan discutia estratégias com Amy e Forrest e ensinava a Sandshrew a técnica Dig —, os garotos finalmente alcançavam o Ginásio de Goldenrod novamente, onde a revanche contra Whitney e Miltank aproximava-se.

— Finalmente você apareceu... — Disse Whitney assim que viu Ethan, Amy e Forrest cruzando novamente as portas do Ginásio.
— Como sabia que eu estava vindo? — Perguntou Ethan.
Eles me fizeram supor isso. — Whitney apontou para a arquibancada do Ginásio. O fã-clube de Ethan fazia algazarra ali. Pareciam estar praticando um “jogo do bobo”, jogando uma dentadura para cima afastando um dos velhinhos que tentava desesperadamente recuperar o objeto.
— Eles não mudam... — Disse Forrest com um sorriso.
— Então... Vamos batalhar? — Perguntou Ethan.
— Sim. Você já sabe da minha escolha, não é mesmo? — Disse Whitney sacando uma PokéBola.
— Sim.
— Use todos os Pokémon que quiser. — Falou a Líder.
— Boa sorte, Ethan. — Disse Amy dando um beijo na bochecha de Ethan que ficou vermelho.

Líder e desafiante tomaram seus lugares no campo de batalha. A juíza autorizou o combate.

— A revanche entre a Líder do Ginásio da Cidade de Goldenrod, Whitney, e o desafiante Ethan vai iniciar agora. O desafiante pode trocar os Pokémon a seu bel-prazer. Preparem seus Pokémon... Comecem!
Go, Miltank! — Whitney lançou uma PokéBola em campo.
— Sandshrew, eu te escolho!

Miltank e Sandshrew encararam-se com rivalidade. Sandshrew, no entanto, parecia confiante.

— Vamos acabar logo com isso... Rollout! — Whitney começou.
— Não vou cair nessa de novo! Dig, vai! — Disse Ethan.
— Truquezinho novo, é? Heh... — Disse Whitney.

Miltank começou a rolar pelo campo de batalha do Ginásio enquanto Sandshrew cavou um buraco no chão.

— Miltank, pare! Sinta Sandshrew no chão! — Disse Whitney.

Miltank parou de girar. Com suas patas no chão, concentrou-se. As vibrações de Sandshrew cavando no chão ficavam cada vez mais evidentes.

Poison Sting! — Exclamou Ethan.

Sandshrew saiu do buraco e cravou suas unhas na cara de Miltank. O veneno começou a fazer efeito.

— Não se deixe levar! Stomp!

Miltank virou e deu um coice no estômago de Sandshrew que caiu nocauteado.

— Sandshrew está fora de combate! A vitória é de Miltank! — Anunciou a juíza.

O fã-clube de Ethan começava a xingar da arquibancada.

— Quem vai ser a próxima vitima? — Riu Whitney sarcasticamente.
— Vai, Wooper! — Ethan lançou a PokéBola.
— Wooper? Vai ser fácil… Rollout!

Miltank não se moveu. Sua face expressava dor.

— O que está acontecendo? — Perguntou Amy da arquibancada para Forrest.
— O Poison Sting do Sandshrew está fazendo efeito. Miltank está envenenada. — Explicou.
Water Gun! — Disse Ethan calmamente para Wooper.

O pequeno Pokémon azul disparou um jato de água da sua boca. Encharcou o campo de batalha, inclusive Miltank.

— Miltank, não desista! Rollout!

Miltank, dessa vez, conseguiu girar pelo campo de batalha e atingiu em cheio Wooper, que caiu nocauteado.

— Wooper está fora de combate! A vitória é de Miltank! — Anunciou a Juíza.

A arquibancada estava tensa. Ethan estava perdendo.

— Okay... Wobbuffet, ação! — Ethan jogou outra PokéBola na arena.

Katherine e os outros velhinhos vibraram quando viram Wobbuffet sendo usado.

— É isso aí! É agora que a vaca vai para o brejo! Literalmente! — Comemorou a velha.
Rollout! — Exclamou Whitney.
— Rebata com Mirror Coat! — Disse Ethan para Wobbuffet.

Miltank aproximava-se com velocidade. O impacto com Wobbuffet seria inevitável. No entanto, o Pokémon azul emanou uma luz violeta e assim que Miltank bateu com força em Wobbuffet, saiu voando para trás. Miltank teve o Rollout anulado. E o pior: O Pokémon de Whitney havia ficado entalado no buraco outrora cavado por Sandshrew. E por causa do Water Gun de Wooper, o tal buraco estava cheio de lama, o que tornava a situação de Miltank ainda pior.

— Miltank! — Gritou Whitney desesperada.
— Retorne, Wobbuffet! Você fez como treinamos. Agora é a vez de realmente atolar essa vaca mais um pouco! Vai, Butterfree!

Butterfree saiu voando. Parecia demasiadamente alegre.

— Vamos nessa, Butterfree! Confusion!

As pupilas de Butterfree sumiram e foram substituídas por um leve tom de branco. Estava emanando raios psíquicos invisíveis ao olho humano, mas, pelas caras e bocas de Miltank, via-se que ela estava sendo atingida.

— Miltank, tente sair daí! — Berrava Whitney desesperada.

A cada esforço que Miltank fazia para sair do buraco, mais rápido o veneno agia.

Gust!

Butterfree começou a bater suas asas e um forte vento saiu delas. Miltank recebeu o ataque sem poder se defender. O efeito do ataque mais o veneno fez com que Miltank caísse nocauteada.

— O quê?! — Todos do Ginásio exclamaram.
— Não é possível... — Disse Whitney.
— Miltank está fora de combate! A vitória é de Butterfree! O vencedor da disputa é o desafiante Ethan! — Anunciou a juíza quase sem acreditar.

Os velhinhos do fã-clube começaram a fazer o maior fuzuê na arquibancada. Começaram a clamar o nome de Ethan. Amy e Forrest juntaram-se no coro.

— Não acredito que eu perdi... — Disse Whitney começando a chorar.
— Obrigado, Butterfree! Descanse bem! — Disse Ethan retornando seus Pokémon.
— EU NÃO ACEITO A SUA VITÓRIA! — Gritou Whitney sobre lágrimas.

Houve um silêncio mortal no Ginásio. Ouvia-se apenas os soluços de Whitney.

— Ethan é o vencedor. Ele usou os Pokémon dele para criar uma armadilha para barrar os ataques da Miltank. Por que não foi válido? — Perguntou Forrest chegando com Amy ao campo de batalha.
— Eu sou uma das melhores treinadoras e líderes de Ginásio de Johto! Eu não posso perder para um moleque que nem ele! — Bradou Whitney.

Um estrondo fora ouvido do fundo do Ginásio. Passos ecoaram. Um velho baixinho chegava até o campo de batalha.

— Whitney, não seja metida. Um treinador Pokémon aceita suas derrotas e batalha ainda mais para fortalecer-se e cobrir suas fraquezas! Este jovem duelou e mostrou que é melhor que você. Assuma isso! — Falou o velho.
— Mas vovô... — Disse Whitney chorosa.
— “Mas” nada! A Insígnia é dele por direito! — Gritou o velho.

Whitney secou as lágrimas e sacou um objeto do bolso do short.

— Esta é a prova de que você conseguiu vencer no Ginásio de Goldenrod, a Insígnia da Planície. — Disse Whitney de mal humor entregando a Insígnia para Ethan.




— Obrigado e... Espero poder batalhar contra você novamente, Whitney. — Disse o garoto.
— Por quê? — Respondeu ríspida.
— Porque nós devemos nos fortalecer para superar nossos rivais. — Disse ele com um sorriso.

Whitney ficou vermelha e virou o rosto.

— Você deveria participar do Torneio Pokémon de Caça aos Insetos. — Disse o velho.
— “Torneio Pokémon de Caça aos Insetos”? — Repetiu Ethan sem entender.
— É um torneio que tem aqui na Cidade de Goldenrod. Todo mês, vários treinadores competem para pegar o melhor Pokémon inseto do Parque Nacional. — Explicou.
— Acho que é uma boa maneira de se treinar para o próximo Ginásio... — Suspirou Ethan, pensando no assunto.
— É um bom treinamento para todos nós. Afinal, somos treinadores também. — Manifestou-se Amy.
— Eu topo participar. Vai ser divertido. —Sorriu Forrest.
— Certo. Obrigado mais uma vez, por tudo. — Agradeceu o garoto se retirando com Amy e Forrest do Ginásio.

O avô de Whitney deu um sorriso.

Ethan conseguiu sua terceira insígnia da Liga Pokémon. No entanto, sua estadia na Cidade de Goldenrod ainda não acabou e junto com seus amigos, Amy, Forrest e até mesmo com a presença de Lyra e Joey, os garotos buscam participar do Torneio Pokémon de Caça aos Insetos do Parque Nacional de Johto. Quais surpresas a competição reserva para os garotos?




TO BE CONTINUED...







{ 14 comentários... read them below or Comment }

  1. A vaca foi pro brejo (literalmente)
    Chorando até 2018 da vaca ter ido pro brejo
    Yoo Dento-kun
    Que capítulo top mano ,a( vaca foi pro brejo)
    La vem o Ethan ele vem fervendo
    Taco o Wobbufett e o Dig ta fervendo tan,tan
    E a Whitney não é baile de favela levo uma surra,e não aceita ta perdendo
    Ethan manja das estratégias quem dera poder fazer isso no Soul Silver ;-;,;-;
    Pergunta básica :você vai seguir na fic a história do Anime,Do Mangá, dos Games ou você vai criando (acho q ja perguntei isso so ñ lembro...)
    Testando poderes paranormais:
    No festival vai ter varios treinadores,provavelmente o Joey (aquela encheção de sempre que aquela praga faz)Forrest deve capturar algum bug tipo o Scyther(que não sabe usar Fly HuaHuaHuaHua)ou talvez um Bonsly pois faria sentido ele ter um bonsly ja q é um tipo Rock
    So faltou uma coisa nesse capitulo meu Shipp ser um pouquinho mais real.
    Ja disse que eu amo esse fã clube ...
    Tenho uma sugestão de nome:VVL VelhinhosVidaLoka huashuashuash
    See Ya

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Dark!

      Vacas vão para o brejo. AEUHEAUHEAUAEHAE

      Cara, minha história é uma loucura. Tem hora que eu invento, tem hora que eu pego referência dos jogos, do anime e do mangá... Mas eu sempre vou seguindo os jogos o máximo possível (ou tento).

      O festival tá chegando! Será que suas previsões vão se concretizar? Hmmmm...

      E sobre seu shipp: Acalma o coração! As coisas vão rolando devagarzinho. :3

      E todos nós queremos ter um fã clube assim. Sempre apoiando as burradas que a gente faz. HEAUHEUEAHUEAHAE;

      E sua sugestão de nome é ótima. XD


      See ya!

      Delete
  2. Eu senti sua dor Ethan,perder humilhantemente para a Whitney é algo que todos tempos que passar para sermos treinadores

    Acabamos de rastrear mais um Shipping ,Whitnethan,ou a Vaga com o coração de ouro,mais essa batalha fortaleceu Ethamy

    A Vaca foi pro brejo

    YESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    (No universo pokemon eu odeio vacas )

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Donnel!

      Acho que Whitney e Miltank é quase como um ritual de passagem. Você não pode ser um treinador Pokémon de verdade sem ter sido massacrado pelas duas. HEAUEAHUEAHAUEHEAU.

      Será que Ethan e Whitney é um casal em potencial? O que você acha? Minha parte favorita é a treta da Amy com a Whitney. Ciúme ou recalque? Difícil saber. HEUHEUEHAEAHAUEHAEUHAE

      Essas piadinhas da vaca ir pro brejo... Eu criei monstros! XD

      See ya, man!

      (No universo Pokémon, todos nós odiamos vacas.)

      Delete
  3. Yo, Dento!
    Realmente, me desculpe por não ter chegado no dia certo, e sim dois dias depois, é que eu tive uns probleminhas, sabe? Mas, agora eu cheguei e posso comentar!
    Esse capítulo foi muito incrível. A cada capítulo você me deixa mais surpreso com sua escrita, Dento. Queria ser um escritor igual você.m
    Eu adorei quando o Ethan venceu a Whitney.
    Foi como se as duas vezes que eu perdi para ela fossem descontadas pelo Ethan <3
    E essa foi legal, o Ethan nem precisou da ajuda do Quilava, não é mesmo! A vaca finalmente foi pro brejo.
    See ya, man!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Victor!

      Não tem problema você chegar depois. O importante pra mim é ver seu comentário. =]

      Fico feliz por servir de inspiração... É gratificante pra mim. Fico até sem graça. kkkk

      Ethan mostrou que pensa, né? Modéstia a parte, eu adorei essa estratégia de "atolar a vaca" pra conseguir a vitória. Como o Dark disse ali em cima, é uma pena a gente não poder usar isso nos jogos... Por isso eu quebro a cabeça tentando fazer batalhas que sejam lógicas e que não fique forçado, já que muita coisa dos jogos não são muito compreensivas (eu acho) se executados numa fanfic. Então eu sempre tento trazer algo diferente, pra adaptar o ambiente mesmo.

      Acho que muita gente foi vingada junto contigo. kkkk

      E o Quilava não foi usado porque o Ethan lembrou da habilidade de Miltank, Camada de Gordura (Thicky Fat), que anula golpes do tipo fogo. Seria inútil usar ele de novo. xD


      See ya!

      Delete
  4. Hey!

    JÁ ESTÁ!!! A MILTANK FICOU KO E A WHITNEY TAMBÉM!!!!!!!

    A estratégia do combate ficou muito boa, acho que só faltou mesmo uma cena em que mostrasse o treino de Ethan com o Sandshrew e os outros pokémon para perceber melhor a evolução da sua estratégia, mas esteve ótimo na mesma!

    QUE VENHAM OS INSETOS!!!!!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Angel!

      Sim, o Ethan ganhou a batalha!

      A verdade é que eu não achei necessário mostrar o Ethan treinando os Pokémon, pra ganhar tempo. Pensei que isso pudesse afetar o desenvolvimento do capítulo, e como eu costumo escrever de forma dinâmica, eu deixei de escrever alguma cena de treinamento.

      Agora sim, vamos seguindo a jornada! O que será que vai rolar nessa competição, hein? Alguma hipótese?

      Espero que continue curtindo!

      See ya!

      Delete
  5. Putz, não acredito que perdi a oportunidade de fazer essa piada! Até porque eu notei que depois da batalha, o campo do ginásio ficou literalmente um brejo! E a vaca gorda da Whitney (vulgo Miltank) foi pra lá!

    Ethan com 3 insígnias! Parece que foi ontem que começou a aventura! O menino tá crescendo, EU QUERO ESSE 13! TRAPÉZIO DESCENDENTE! TÁ SAINDO DA JAULA O MONSTRO! Daqui a pouco ele vai estar limpando o chão com a cara dos Elites, e nós não vamos nem nos dar conta. Segura esse menino, ele é uma ameaça pública!

    Mal posso esperar para esse torneio de caça aos insetos no National Park! Eu sempre participava deles no Pokémon Crystal! E a música tema do National Park em 8bits é tão nostálgica que eu me sinto com 10 anos de idade de novo! *-*

    Excelente trabalho mais uma vez, Dento!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ah, as piadinhas... Elas sempre têm que estar presentes... UAEHUEAHUAHEA

      Yo, maninho!

      Quem diria que o Ethan chegaria tão longe em tão pouco tempo, né? Só que dessa vez, ele encontrou uma pedra enorme no meio do caminho... É o que acontece quando se encara um desafio sem treinar o suficiente. Dessa vez, ele usou uma estratégia muito loka. Me surpreendi com isso. kkkk

      Mas ele precisa comer muito frango com batata doce ainda pra chegar no nível monstruoso! #VemMonstro #AquiÉBodybuilding

      Agora chegamos ao torneio! Eu sabia que você ia comentar, sempre vi você falando dele. Talvez seja por isso que eu tenha me dedicado tanto à ele. Espero que o resultado final honre sua infância. XD

      Espero que continue aproveitando!


      See ya!

      Delete
  6. A batalha de ginásio foi excelente, cara! Gostei do fato de que, analisando o time do Ethan atual, seria muito difícil enfrentar uma Miltank experiente como a Whitney (nos dois sentidos da piada kk). Aquele Rollout veio com tanta força pra cima que parece que uma geração de jogadores foi marcada por essa líder, tanto que você a colocou aqui como uma treinadora debochada e cruel que precisou levar essa derrota pra descer do seu pedestal, gostei bastante da ideia do avô dela dar esse puxão de orelha, afinal, ela sempre teve essa carinha de ser uma líder de ginásio mais inexperiente como administradora, apesar de ser extremamente poderosa num combate.

    Outro dia você comentou que considerava o Butterfree o Duke de Johto, mas poxa, o golpe final na Miltank foi dele! Tem que receber um mérito. Tudo bem que teve um trabalho em conjunto, talvez não seja mais o Pokémon influente que era no começo da jornada, mas está longe de ser um fiasco kk Boa estratégia com o Wobbuffet, por sinal. Há anos prometi que um dia eu chegaria nesse ginásio, e a justiça finalmente foi feita para cima dessa vaca. Você vingou todos nós kkkkkk Obrigado, Ethan.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Canas!

      Fico feliz que eu tenha feito uma boa batalha de Ginásio. Elas são, acima de tudo, partes importantes do enredo e conseguir passar por elas fazendo um bom trabalho me deixa plenamente satisfeito.

      Gosto muito da equipe do Ethan. Acho que ela tem um equilíbrio muito bom, faz com que, juntos, possam ter um resultado matador em uma batalha, como foi mostrado nesse capítulo. Cada um dos Pokémon teve uma função fantástica dentro da batalha, e o mais importante, nenhum dos Pokémon acabou se destacando mais que o outro. Gosto dessa batalha por isso.

      Ah, os avós... Sempre sendo necessários para que a gente acabe enxergando as cagadas que a gente faz. Espero sinceramente que a Whitney acabe se tornando uma pessoa melhor, porque ela batalha muito bem, mas é insuportável. kkkkk

      Butterfree tem seus méritos durante a primeira temporada, mas ela acabou ficando esquecida lá por meados da segunda. Eu vou consertar isso (eu acho). Gosto muito dela!

      Ethan representou e vingou os jogadores de Johto! Espero que você continue se surpreendendo com a história.


      See ya!

      Delete
  7. Yooo Dento

    A verdade é que quem fez o Ethan ganhar foi o maravilhoso fã-clube dele hhashahshahshahshaha
    Imagina a pressão da Whitney com um bando de velho gritando

    E aaaaaaah, abençoado seja quem inventou o efeito de envenenamento! Poison Sting foi muito bem combinado com o Dig. Parabéns Sand <3

    E AAAAAAAAAA, TU COLOCOU ELA CHORANDO E NÃO ENTRAGANDO A INSÍGNIA, MUITO INCRÍVEL

    PARABÉNS ETHAN <3

    ReplyDelete
  8. Oi Dentochu! Finalmente o Ethan venceu a Miltank da Whitney E EU ME SINTO VINGADA. Essa maldita levou todos os meus pokes no Nuzlocke, só sobrou um Quilava com um pingo de vida.
    As cenas de batalha foram muito bem narradas e eu gostei da batalha ter dado mais foco nos outros pokes do Ethan. Butterfree, meu guerreirinho!E eu amo muito esses velhinhos, socorro.
    No final a cena da Whitney chorando foi clássica demais. Eu acho que o real problema dela é ter sido criança precoce criada em berço de ouro, o que faz com que ela, apesar de ser muito boa no que faz, não saiba lidar com frustrações.
    Espero que depois dessa batalha ela se torne uma treinadora e pessoa melhor. Ah, e parabéns Ethan!

    ReplyDelete

- Copyright © 2015 - 2019 Aventuras em Johto - Dento (Willian Teodoro) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -