Posted by : Dento Mar 10, 2016



Ethan, Amy e Forrest, acompanhados de Joey, seguem para a Cidade de Goldenrod, onde o próximo desafio de Ginásio aguarda. Eles rumam o Centro Pokémon para descansar antes da próxima batalha.

— Ainda bem que estamos com você, Joe. Economizamos um bom tempo com esses seus atalhos. — Disse Forrest sorrindo.
— Goldenrod é minha terra natal. Ninguém conhece isso aqui melhor que eu. — Joey sorria alegre.
— Até que enfim você fez algo útil. Tem meus parabéns. — Comentou Amy de forma irônica.
— Eu podia ter seu número da PokéGear pra eu te chamar pra sair, que tal? — Joey tentou fazer um olhar sensual para Amy que desviou o olhar para Ethan.
— Ainda bem que você não tem PokéGear, Amy... — Disse o garoto aliviado.

Amy sorriu de forma maliciosa. Aproximou-se do garoto e colocou seus braços sobre os ombros dele, deixando-o vermelho.

— E por que exatamente é bom que eu não tenha um PokéGear, Ethan querido? — Perguntou a garota fazendo uma voz sensual.

Ethan começou a transpirar de nervoso e seu rosto parecia um tomate maduro.

— Ethan! — Exclamou uma voz feminina.

Lyra aproximava-se saltitante do grupo de jovens que estavam chegando.

— Chegou por último, né, Ethan? Mulher do padre. — Zombou a garota.

Ethan, no entanto, estava tão nervoso que não teve reação nenhuma.

— Ué... Tá tudo bem? — Lyra observa o garoto de forma atenta.
— Ele está sim. Só o nível de hormônios dele que estão um pouco elevados. — Brincou Forrest.
— Vamos indo pro Centro Pokémon. Lá a gente vê se ele tá bem mesmo. — Sugeriu Joey.
— É uma ótima ideia. Se vocês quiserem, eu os acompanho. — Prontificou-se Lyra.
— Por que não? Vamos sim! — Concordou Forrest.
— Você ainda não escapou da pergunta, gatinho. — Amy sussurou discretamente no ouvido de Ethan que paralisou.

***

Enquanto isso na Floresta Ilex, o fã clube de Ethan ainda estava no meio do caminho.

— Não vamos conseguir chegar a tempo... — Disse um dos velhinhos.
— Vocês são umas tartarugas! Aposto que o Ethan já está em Goldenrod! — Disse Katherine.
— Envelhecemos e perdemos a velocidade nas pernas... — Disse um outro velhinho.

E caminhando lentamente, os velhinhos caminhavam para Goldenrod. Poderiam eles chegar a tempo de ver Ethan batalhando?

***

A tarde passava lentamente enquanto os garotos estavam no Centro Pokémon. Lyra contou sobre as batalhas que travara e sobre suas três insígnias — havia derrotado o líder do Ginásio de Goldenrod no dia anterior. No entanto, a garota, de pirraça, não contou quais os Pokémon que foram utilizados pelo líder.

— Quer saber? Eu desisto de esperar! Eu vou lá e vou chutar o traseiro de quem for que seja o líder do Ginásio! — Exclamou Ethan irritado, batendo na mesa do saguão onde estavam reunidos e se levantando bufando.

Lyra gargalhou.

— Ha-ha-ha! Sei... Essa eu pago pra ver!
— Amy, Forrest, vamos nessa. Eu tenho uma batalha pra vencer. — O garoto virou as costas e se dirigiu à saída. Amy e Forrest se levantaram e deram um rápido aceno de despedida para Joey e Lyra que permaneceram sentados.
— A gente não devia seguir eles? — Perguntou Joey abocanhando uma coxinha.
— Sou uma dama, não um carrapato. Não sou obrigada a seguir ninguém. — Lyra respondeu bebericando uma xícara de chá.

O Ginásio ficava há duas quadras do Centro Pokémon (assim os treinadores podiam rapidamente socorrer os Pokémon que fossem estraçalhados ali), então não foi tão difícil para o grupo encontra-lo. Era um prédio acinzentado de dois andares, que era cercado por janelas e vitrais, que refletiam o brilho do Sol.


Junto a seus amigos, Ethan cruzou as portas de aço do Ginásio. Um perfume forte e enjoativo de rosas invadiu as narinas dos garotos. Havia muitas garotas no lugar. Todas riam e falavam alto. Ethan e Forrest olhavam abobalhadamente para cada uma das garotas que viam. Amy, visivelmente incomodada, não aguentou e desferiu um tapa na cabeça dos meninos.

— Parem de se apaixonar por essas menininhas metidas! Idiotas! — Reclamou.

— “Menininhas metidas”? Quem você pensa que é para falar algo assim? — Uma das garotas se aproximara do grupo. Era uma moça jovial e aparentava estar no auge de sua adolescência, com cabelos rosados fora de moda, usando um blusão largo branco com detalhes em vermelho com uma blusa preta por baixo e um short curto jeans.




— Eu sou Amy. E quem é você, rainha da purpurina?
— Whitney, a treinadora Pokémon mais forte da cidade de Goldenrod. Sou imbatível. — Whitney, a garota dos cabelos róseos sem graça, riu com ar superior.
— Desculpa, queridinha, mas é melhor você descer da cadeira antes que um Earthquake te derrube dela. — Amy retrucou com um sorriso sínico.
— Você não tem peito pra me enfrentar. Não é a toa que recebi o título de Líder do Ginásio de Goldenrod. — O jeito metido de Whitney começava a irritar.
— Como se já não bastasse o ego enorme do Joey... — Suspirou Forrest.
— Pera! Você é a Líder do Ginásio de Goldenrod?! — Exclamou Ethan.
— Sim. É surdo? — Perguntou Whitney parecendo só agora notar o garoto.
— Então eu te desafio para uma batalha Pokémon! Estou procurando minha terceira Insígnia! — Falou Ethan confiante.
— Você? Ha-ha-ha! Nem tem chance, coitado... — Whitney zombou.
— Vai amarelar? — Soltou Ethan.

Houve um silêncio absoluto no Ginásio. Whitney ficara em um estado de choque. Amy sorriu satisfeita.

— “Amarelar”? Vou fazer você chorar por ousar pronunciar tais palavras no meu Ginásio... Garotas, preparem o campo de batalha, porque hoje tem. — Disse Whitney com um tom furioso na voz.

As assistentes de Whitney correram para os lados e começaram a preparar o campo de batalha. Ethan percebeu que o campo, apesar de poroso, era liso. Que tipo de Pokémon Whitney iria usar?

— Você pode usar todos os Pokémon que quiser contra mim. Eu usarei apenas um. — Disse Whitney sacando uma PokéBola.
— Todos os meus Pokémon? Mas isso não é contra as regras? — Ethan pareceu chocado e surpreso.
— O Ginásio é meu. Regras minhas. Vai amarelar? — Perguntou Whitney em tom de sarcasmo.
— Tudo bem. Vamos batalhar! — Disse Ethan pegando uma PokéBola.
— Vai durar pouco. Vai, Miltank! — Whitney lançou a cápsula.

Um Pokémon que lembrava uma vaca rosa aterrissou no campo. Passava um ar de soberania e arrastava sua pata no campo. Olhava para Ethan com um olhar desafiador.


— Miltank?! — Perguntou Ethan sacando a PokéAgenda.
— “Miltank, um Pokémon Vaca Leiteira. Seu leite é cheio de nutrientes, sendo uma bebida essencial para um doente ou cansado se recuperar. Se está ao redor de bebês, o leite que produz contém muito mais nutrientes do que o habitual”. — Informou a PokéAgenda.
— Com qual Pokémon vai enfrentar a minha Miltank, desafiante? — Perguntou Whitney.
— Quilava, eu te escolho! — Ethan arremessou uma PokéBola no Campo.

Quilava pareceu bem disposto e não se intimidou com o olhar que Miltank lançava.

— Quilava? Hah! Como se isso fosse deter a minha Miltank... — Disse Whitney.
— A disputa é entre Quilava, do desafiante Ethan, contra Miltank, da Líder Whitney. Comecem! — Anunciou a juíza.
— Vai, Quilava! Flame Wheel!

Quilava girou ao redor do próprio corpo e ativou as suas chamas. Correndo pelo campo do Ginásio, parecia uma roda flamejante.

— Não se mova, Miltank. — Disse Whitney.
— Vai sacrificar seu Pokémon? — Zombou Ethan.
Quilava atingiu Miltank no estômago. Todavia, Miltank não pareceu sentir nada. O ataque não tinha funcionado.

— Hã?! Não funcionou?! — Exclamou Ethan.
— Mas foi um ataque direto! — Exclamou Amy da arquibancada.
— O ataque não funcionou graças à habilidade da minha Miltank: Camada de Gordura. Ataques do tipo Fogo e do tipo Gelo não funcionam. Nossa vez de atacar, não é? Miltank, Rollout!

Miltank saiu rodando pelo Ginásio e atingiu em cheio Quilava que voou.

Stomp! — Disse Whitney.

Miltank ficou de costas e apoiou-se nas duas patas dianteiras e deu uma patada em Quilava quando este voltava ao chão. Quilava voou mais alto, atingiu o teto do Ginásio e caiu no chão desmaiado.

— Quilava está fora de combate. A vitória é de Miltank! — Anunciou a juíza.
— O quê?! Tão rápido assim?! — Disse Ethan impressionado.
— Você não vai conseguir derrotar a Miltank tão fácil... — Disse Whitney. — Mande seu próximo Pokémon.

Ethan retornava Quilava enquanto estava perdido em pensamento. Tinha que ter um jeito de derrubar Miltank.

— Certo... — Ethan levantou uma PokéBola. No entanto, um estampido fora ouvido e um outro Pokémon saiu. Wobbuffet encarava Miltank com uma expressão idiota.

— Wobbuffet? — Whitney começou a rir. — Tá querendo perder mesmo?
— Não! Wobbuffet, eu não te convoquei pra batalha! — Disse Ethan desesperado.
— Você não pode mudar ainda, Ethan. Você pediu por isso... Stomp!

Miltank avançou com fúria e apoiou-se outra vez nas patas dianteiras. O Pokémon meteu um coice na parte frontal de Wobbuffet que voou pelo Ginásio e caiu em frente a Ethan.

— Wobbuffet está fora de combate! A vitória e de Miltank! — Anunciou a juíza.

Ethan observava nervoso. Dois de seus cinco Pokémon foram nocauteados. Não restavam muitas opções.

— Você me pegou por terra... Mas será que pode pegar no ar? — Ethan arremessou uma PokéBola para cima. — Vai, Butterfree!

A Pokémon Borboleta voava contente pelo céu do Ginásio.

— Hehe... Rollout!

Miltank começou a rolar pelo campo. Butterfree aguardava ordens de Ethan.

— Esquive, Butterfree!

Butterfree voava agilmente pelo Ginásio. Miltank acompanhava o voo da borboleta rolando pelo chão.

— Agora, Miltank! — Exclamou Whitney.

Miltank saltou. Como era duas vezes maior que Butterfree, o ataque foi inevitável. A borboleta caiu nocauteada.

— Butterfree está fora de combate. A vitória é de Miltank! — Anunciou a juíza.
— Por que Butterfree caiu nocauteada ao receber o ataque? — Perguntou Amy para Forrest na arquibancada.
— Sendo Rollout um ataque do tipo Pedra e, ainda por cima um ataque físico, Butterfree tomou quatro vezes o dano. Dá pra ver que Miltank é mesmo um Pokémon de nível alto. Ethan precisará de outra coisa além de ataques diretos se quiser ganhar. Ele está atacando demais e se defendendo de menos... — Analisou Forrest preocupado.
— Quilava, Wobbuffet e Butterfree estão fora de combate... Me restam apenas mais dois Pokémon... O que eu vou fazer? — Perguntou Ethan para si mesmo.
— E então? Qual vai ser o próximo? — Perguntou Whitney com um sorriso sarcástico.
— Sandshrew, vai!

Sandshrew saiu da PokéBola e encarou Miltank. Parecia disposto.

— Conto com você, Sand... Rapid Spin!

Sandshrew começou a girar pelo campo. Era como se fosse uma mini-Miltank.

Rollout! — Comandou Whitney.

Miltank rolou pelo campo também. Rapid Spin e Rollout se chocavam e faíscas saíram. Os dois Pokémon eram persistentes.

Attract! — Disse Whitney.

Miltank parou de girar e começou a mandar beijos para Sandshrew. Corações apareceram em seus olhos e ele começou a ficar com uma expressão idiota.

Stomp!
— Evasiva!

Miltank mais uma vez deu um coice mortal em Sandshrew que não reagiu. Caiu nocauteado.

— Sandshrew está fora de combate! A vitória é de Miltank! — Anunciou a juíza.
— Caramba! Não acredito nisso! — Ethan começava a se irritar.
— Ainda tem mais um, não é? Vai desistir? — Disse Whitney.
— Não te usei em batalha ainda, mas vai nessa, Wooper! — Ethan arremessou a PokéBola.

Wooper saiu da PokéBola e começou a ficar com medo da expressão no rosto de Miltank.

— Não se intimide! Water Gun!

Wooper lançou um jato d’água da boca e atingiu Miltank.

— Como se uma chuvinha fosse impedir a gente... Rollout!

Miltank saiu rolando em alta velocidade e atingiu Wooper que caiu nocauteado.

— Wooper está fora de combate! A vitória é de Miltank! A vencedora da disputa é a Líder do Ginásio, Whitney! — Anunciou a juíza.

Whitney começou a gargalhar.

— Eu disse que você não podia comigo. Looooser. Quando quiser apanhar de novo, apareça. Você é bonitinho, então quero te fazer sofrer mais algumas vezes. — Disse Whitney rindo retornando Miltank.

Ethan retornou Wooper com uma expressão de choro. Fora derrotado. E o pior, não fez nenhum dano no inimigo. Suas mãos tremiam em um misto de vergonha e raiva. Ele se virou e saiu correndo do Ginásio.

Amy e Forrest desceram da arquibancada.

— Quando Ethan se recuperar, nós voltaremos. E acredite, ele vai te derrotar. — Disse Amy séria.
— É mesmo? Veremos.

Os garotos se dirigiram à saída.

— Fala pro seu namoradinho não chorar muito. — Zombou Whitney para Amy.

Com uma vitória arrasadora e sem chance de contra-ataque da Líder do Ginásio da Cidade de Goldenrod, Ethan agora está confuso. Será que ele vai desistir da sua jornada Pokémon ou dará uma volta por cima? O confronto arrasador pela terceira insígnia da Liga Pokémon continuará em breve.




TO BE CONTINUED...








{ 9 comentários... read them below or Comment }

  1. Chegando aqui novamente no mesmo dia que o capítulo foi lançado, Canas.
    E, esse foi realmente muito incrível!
    Você está a cada momento deixando meu shipp de Amy e Ethan, bem mais intenso. Quero ver o que ele vai responder para a garota.
    Finalmente o Joey foi embora! Agora, acho que você devia ter trabalhado um pouco mais a Lyra nesse episódio, acho que ela foi pouco trabalhada aqui, mas nada que interfira.
    E, a Whitney... MALDITA WHITNEY!
    Eu sempre odiei ela desde que perdi duas vezes para a mesma, mas espero que o Ethan esmague ela pedaço por pedaço, sem pena.
    Mas, ela realmente é muito forte, para conseguir derrotar todo o time do Ethan com uma única Miltank... Ansioso para o dia 17, para ver a continuação dessa grande batalha.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Victor!

      Esse shipp de Amy e Ethan...Não crie expectativas, nem eu sei se eles ficam juntos no final. Ainda estou pensando à respeito... Muitas surpresas vindo por aí. ;]

      Sobre a Lyra: Acalma o coração que esse arco de Goldenrod vai ser o segundo mais extenso da fic, com nove episódios. Ela vai aparecer bastante ainda, esse capítulo ela não tEM um foco. Ela chegou em Goldenrod antes dos acontecimentos do Capítulo 13. Como ela apareceu no Diário de Treinador, Episódio 4 eu achei que não seria necessário dar ênfase a aparição dela no capítulo dessa semana. Mas, como eu disse, ela vai ter mais enfoque nos próximos, então, fique atento! =D

      Whitney é uma pedra no sapato mesmo... Ethan agora tá com fogo nos olhos! Resta saber se ele vai voltar pra enfrentar ela de novo...

      Dia 17 tem mais! Até lá!

      See ya!


      PS: Eu ri ao ver que você sem querer trocou meu nome pelo do Canas. Senti que minha história é boa como Sinnoh. XD

      Delete
  2. La vem a Miltank ela vem fervendo
    Quer desafiar não to entendendo
    Mexeu com a Miltank vai levar stompada fervendo
    A miltank é baile de favela
    E a Whitney é baile de favela
    E o Ethan não é baile de favela perdeu pra Miltank e agora ele amarela
    DarkProductions

    Yo dento-kun
    Gostou da musica huashuas
    Mano eu tenho poderes eu previ essa surra
    Quem é esse Joe.Isso é abstinência (parece que o jogo virou não é mesmo?huehue)
    Lyra sendo uma dama ou so fazendo birra huashuash
    Joey muleke retardado ja tomo um fora lindo

    Mas pode isso produção meu shipp é real (ou parece ser)
    Ethan é todo zueiro,todo VidaLoka mas parece ser muito timido não é mesmo huashuas (porque eu to falando dele se eu so igual ;-;)
    Mas parece que meu shipp é real
    Qual deve ser o shipp oficial?
    Emy,Ethomy (leia rapidamente)Ety,Ethy,Amthan (que shipp horrivel)Ethamy acho que o melhor é Emy
    O se eu shippo esses dois
    Shipp hoje
    Shipp amanhã
    Shipp pra sempre
    (quem pego a referência )
    See ya

    Ps:Sim eu gosto de fazer muitas referências huashuas

    ReplyDelete
    Replies
    1. Esse Dark é baile de favela... ♫♪♫

      EAHUHEAUAEHUEAHEAU, Yo, mano!

      Nem sabia que você era compositor. ADOREI a letra XD

      Eu disse que você era Mãe Dinah. Agora só tem que me ajudar a ganhar na loteria. Hehehe.

      Lyra consegue ser uma lady quando quer. Mas só quando quer mesmo. HEAUHAEUHEAUAEHE. Joey, coitado, não tem sorte. E quem diria que o Ethan teria um rival além daqueles de combate...

      Falando nele, eu ainda não sei se vai rolar alguma coisa. Pode ser só provocação da Amy. Nunca se sabe.

      De acordo com a assessora de Johto, é "Ethamy". Eu acho que é "Emy". Acho que varia muito, depende da pessoa. Mas talvez ainda haja uma votação pra definir o nome do Shipp. Isso é, se ele acontecer mesmo. EAHUEHUEAHUHEAUHEAU.

      Somos todos referências. hehehe xD


      See ya!

      Delete
  3. A MILTANK CHEGOU, FOGE ETHAN!!

    Yo Dento!

    Eu fiquei com pena do Ethan eu acho que teria a mesma reação se perdesse para uma vaca kkkkkkk

    Gostei da Amy sedutora e protetora de Ethan!

    Agora o rapazinho só tem que treinar mais um pouquinho para vencer a rainha da purpurina kkk ADOREI O NOME!!

    Bye!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Angel!

      Todos sentiram pena do Ethan. Acho que, sim, Whitney é a líder de Ginásio mais odiada de todos os tempos!

      E essa vaca da Miltank, hein? Sempre dando trabalho...

      Ethan apanhou legal, mas quem sabe não é um esforço a mais pra ele se empenhar? Vamos ver onde isso vai dar...

      Amy seduzindo o Ethan... Acho que é motivo para shipparem eles dois. kkkk O que você acha? Será que rola?

      A rainha da purpurina! Pra mim, o melhor diálogo que já escrevi.. kkkk Amy e Whitney tiveram a melhor crise de todas. xD

      See ya!

      Delete
  4. Quando a Miltank pisou em campo eu já senti as dores e traumas de 13 anos atrás... Pelo menos ajudou na formação de caráter. -q

    Eu não consegui entender bulhufas do que aconteceu nessa batalha, e é justamente por isso que eu digo que você conseguiu transcrever muito bem o inferno que é esse ginásio de Goldenrod! Miltank é um verdadeiro enigma, e agora não basta apenas lutar contra ela. O Ethan vai ter que lutar contra si próprio, e recuperar a confiança se quiser voltar ao ginásio e não ser humilhado uma segunda vez.

    Você também captou muito bem a personalidade da Whitney. Ficou bem a cara dela mesmo esse estilo de menininha esnobe que é a rainha do pátio na escola. Imagino que a Lyra esteja bem forte para poder ter conseguido derrotá-la.

    Já estou ansioso pela revanche! :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Sigert!

      Acho que todos nós somos meio traumatizados com a Miltank. Quantas noites mal dormidas passamos por causa dela? Ainda bem que crescemos e aprendemos a lidar com esses traumas. Ou sera que não?

      Foi uma batalha esquisita, justamente por Miltank ser imprevisível.. Acho que o Ethan representa todo treinador depois de algumas horas duelando em Goldenrod...

      Sobre a Whitney: Eu ainda prefiro a Amy. AHUEAHAUEHAEUHEA

      A Lyra é overpower, né? Acho que ela não conhece o poder que tem.

      See ya, man!

      Delete

- Copyright © 2015 - 2018 Aventuras em Johto - Dento (Willian Teodoro) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -