Posted by : Dento Jun 30, 2016

Imagem by: FanPop


A Cidade de Saffron: Uma das maiores cidades da região de Kanto, além de ser o grande centro econômico da região. Tinha a maior infraestrutura do continente e também era o lar do Trem Magnético, uma grande obra metroviária que permitia facilidade de acesso entre as regiões de Kanto e Johto.

Mas a cidade também guardava seus segredos.

Era lá que a Equipe Rocket mantinha seu quartel-general escondido.

E naquele instante, Giovanni dava as últimas instruções para a execução da Operação Arco-Íris, que ocorreria em Johto. Mais especificamente, na Cidade de Ecruteak.

Os Rockets iriam assaltar a Torre do Sino para procurar sinais de DNA do pássaro lendário, Ho-Oh. Já era de conhecimento geral a lenda da cidade de que a ave habitara há séculos o topo daquela torre.

Mas para criar um Pokémon poderoso, era preciso conseguir exemplares de Pokémon poderosos.

Ho-Oh em si não era necessário. O mais importante era conseguir algum vestígio do próprio: Uma pena, uma unha... Qualquer coisa de onde fosse possível remover material genético.

Os últimos anos foram fundamentais para a organização. Já haviam tido duas experiências desse tipo... A mais conhecida delas fora com Mewtwo.

Mas Giovanni não desistia fácil. Ele iria conseguir concretizar os planos sonhados por sua mãe. A Equipe Rocket iria tornar o mundo um lugar maravilhoso... Um lugar sem pessoas fracas, onde todos são iguais.

O grande líder estava convicto do sucesso de seus planos. Nada o pararia. Nem a ele, nem a seus membros de elite.

O homem então percorreu os olhos por sua grande sala. Os quadros enormes de Pokémon nas paredes cinzentas eram a única coisa que dava alguma coloração para aquele ambiente levemente hostil. Giovanni tinha a estranha mania de deixar tudo à meia-luz. Ele detestava a claridade e suas únicas companhias, além dos quadros, eram os capangas Rockets que ficavam estáticos nos cantos da sala fazendo segurança ao grande líder e seu fiel Persian, que parecia ser o único ser vivo que causava algum sentimento em Giovanni.

O telefone em sua mesa tocou. Em sua mente, ele já sabia quem era, então nem se deu ao trabalho de dizer “alô”.

— Como estamos? — Perguntou em sua voz grave.
— Ótimos. Recebemos informações de Silver, Ariana, Proton e Petrel e já podemos agir. — A voz de Archer informava do outro lado.
— E quanto à PokéBola GS?
— Silver está cuidando disso.
— Excelente. — Giovanni desligou.

Ele inspirou e soltou a respiração lentamente. Apoiou o peso de seu corpo em seus braços e ergueu-se da grande cadeira de couro. Andando vagarosamente, aproximou-se de seu amado Persian, deitado preguiçosamente em um sofá preto no canto da sala, e o presenteou com um cafuné no queixo e gastou ali bons minutos. Era como se nunca mais fosse ver aquele Pokémon novamente. Aquele sentimento há tempos era bastante frequente.

Giovanni voltou à realidade, deixou seu Persian dormindo no sofá e retirou-se de sua sala.

***

— Ok. — Respondeu Archer para o radiotransmissor que trazia consigo.
— E então? — Ariana perguntou.
— Ele está vindo. — Respondeu o homem.

Os administradores deram um sorriso.

— Finalmente... O plano de dominação mundial da Equipe Rocket está prestes a ser executado... — Comentou Proton.

Aqueles membros da Equipe Rocket logo retiraram-se de seu esconderijo secreto construído em meio as ruínas da floresta e entraram em vans negras que seguiriam para Ecruteak.

***

Pikachu estava junto de seus companheiros Pokémon na Rota 42, perto do Monte Mortar. Seu treinador, Red, estava descansando junto com eles.  Enquanto lanchavam, Pikachu foi dominado por uma sensação estranha. Era como se algo de ruim fosse acontecer.

— Pikachu, está tudo bem? — A voz de Red o surpreendeu.

O Pokémon o encarou sério.

Pika-Pikachu... — Apontou para a saída leste de Ecruteak.
— Você também está com essa sensação esquisita, não é? — Red o acariciou.

Pikachu confirmou com a cabeça.

— Muito bem. Melhor seguirmos viagem. Pessoal, vamos lá. — Disse Red retornando seus Pokémon e colocando Pikachu no ombro. Assim, seguiu em direção à cidade.

***

Acampados bem próximo de onde Red treinava, Amy, Ethan e Forrest deixavam o tempo passar. Já anoitecia ali e todos resolveram dormir cedo, pois haviam decidido acordar ainda de madrugada para chegar logo cedo em Ecruteak. Ethan era o que mais reclamava da demora de chegar à civilização. Desde a saída de Goldenrod, quase um mês se passara e eles ainda estavam na estrada.

Durante a madrugada, Amy foi despertada. Seu sexto sentido nunca falhava. Ela pressentiu que estava sendo vigiada, e estava certa.

Silver nem se preocupou em se esconder. Aproximando-se do pequeno acampamento, deu logo de cara com Amy que o recebia de cara fechada.

— O que você quer? — Perguntou a garota de forma ríspida.
— Eu venho em paz. — Respondeu o ruivo de forma sínica.
— “Em paz”? Só que nunca. Desembucha logo antes que eu deixe você sem a capacidade de falar!

Silver deu uma risadinha.

— Calma lá, filhote de Ursaring. Só vim dizer que a Operação Arco-Íris começará daqui a poucos dias. Esteja ciente.

O estômago de Amy revirou. Ela sabia que aquilo significava a Equipe Rocket em peso pra cima dela. E isso era algo que Ethan e Forrest não poderiam evitar.

Silver pareceu ler a mente da garota.

— É muito bom ver que você ainda sente medo de nós. Enfim, passar bem.

O ruivo deu as costas e se retirou dali, ignorando todas as vezes em que era chamado por Amy.

A garota voltou a deitar, mas não voltou a dormir. Aquela ameaça ecoava em sua mente de forma tão alta que sobrepunha qualquer tentativa de barra-la.

A brisa da Rota 37 soprava de forma refrescante na manhã seguinte. Amy ainda permanecia deitada, de olhos abertos, enquanto Ethan e Forrest organizavam as coisas para o reinício da viagem. O Sol ainda não havia saído totalmente e poucos Pokémon se aventuravam pelas árvores e pelo solo.

Os rapazes sabiam dos momentos reflexivos da garota e geralmente não questionavam quando eles aconteciam. Apenas continuavam fazendo companhia, disponíveis apenas quando eram solicitados. E aquilo era o pilar que sustentava a paciência uns com os outros dentro do grupo.

Ela sabia que a Equipe Rocket causaria problemas na próxima cidade, mas não queria preocupar os amigos falando sobre Silver. Mesmo que eles já conhecessem o passado da garota, ela tentava fugir dele. Mas, a cada vez que se achava mais distante, ele sempre dava um jeito de voltar com força para atormentá-la, como um fantasma.

Ela pensava em muitas coisas. Ela queria contar. Ela podia confiar neles e sabia que eles enfrentariam o mais poderoso dos Pokémon se necessário para vê-la bem. Ou ela podia não contar porque eles eram seus únicos amigos e envolve-los nisso era a última coisa que queria. Não podia vê-los machucados. Ainda que tentasse disfarçar devido ao seu forte ego, ela amava Ethan e Forrest. Foram as únicas pessoas que a estenderam a mão quando ela mais precisou. E continuavam fazendo isso.

Esse conflito interno a matava por dentro. E, pior do que isso, a impedia de ser a Amy que todos conheciam. Era como se uma nova pessoa dominasse o seu eu e agisse por ela, tentando defender o que era mais importante: O amor de seus amigos.


O tormento continuaria pelos próximos dias.









{ 10 comentários... read them below or Comment }

  1. Aaaah, Ethan is back! Estava com saudades de xingar ele <3

    He-hey Dento o/
    Que beleza esse pré-retorno. To até vendo a segunda temporada pegar fogo. EU QUERO MORTE!
    Ta bom, eu ajudei com o capítulo, mas não podia deixar de comentar :33
    Opa, olha Kanto, me lembra que em breve é minha vez de retornar ao mundo das fanfics, ansiedade pura kk

    Mas enfim, adorei o clima de tensão, provavelmente a segunda temporada terá uma pegada mais madura. Principalmente pro lado da Amy que estará... Diferente. Eu chamo de TPM, mas tudo bem kkk

    Olá, Red, o que vai aprontar agora? Bora salvar o mundo de novo? Kkk
    Parabéns pelo quase retorno bro, o capítulo passou um clima muito bom. É quase um aviso de "Prepare-se" igual o que o Silver fez.

    Até mais o/
    ~Star-chan

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Star!

      AeJ faz sua pré-reestreia da sua maneira natural de ser: Com muita treta e com a Amy causando.

      Sobre essa temporada, já adianto pra você preparar o emocional, porque talvez muitos feels vão ser causados. kkkkk

      Sobre mortes: Bem... Elas são inevitáveis.

      AeJ não seria o mesmo sem seu toque feminino. ;)

      Mal vejo a hora de ver AeK estreando! Não é só você que tá ansiosa. XD

      Amy, Red, Silver... Espero MESMO que nessa segunda temporada eles resolvam suas tretas e saiam de mãos dadas por aí cantarolando alegres por uma estrada feita de nuvens de algodão e unicórnios alados, com Ho-Oh no final vomitando arco-iris.

      Que bom que você curtiu. Espero ver você sempre! =]

      See ya!

      Delete
  2. Yoooooooooooooooo Dentoooooooo

    Mano a treta ta chegando,sabe o que isso significa?Muito barraco e confusão!HuaHuaHua
    Mano muito legal esse desenvolvimento da Amy com o passar do tempo sabe o nome disso?Amizade?Não isso é o shipp se tornando real,muahhahahahahahaha.

    Não sei porque mas presinto coisas ruins,você não estaria pretendendo matar o Giovanni?Estaria?Ele é tão legal e maldoso e mega boladão.

    Ei manolo você disse que passou um mês na historia isso significa novos membros nas teams ou possiveis evoluções?

    Jotho está voltando com tudo =]

    See Ya

    Obs:Apoio mais ofenças pokemon,tipo Cara de Ursaring dentre outras huehuehue

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Dark!

      A segunda temporada voltou com tudo, né? Acho que agora a audiência sobe. Hahaha

      Eu? Já me viu matando alguém? XD

      Sim, passou-se um mês na história. Não que os Pokémon evoluíram, mas estão bem poderosinhos. =]

      Sim. They're back.

      See ya, man!

      PS: EAHUEAHAUEHAEUAHE, ofensas Pokémon são as melhores. XD

      Delete
  3. Bem,isso significa o início da 2ª temp.,agora já vou ler o cáp 26.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Sir!

      Exatamente! Espero que curta! =D

      Delete
  4. Hi!!!!

    Tive tanto tempo fora e tanto tempo à espera disto! Esta temporada promete, além disso nos tei de todos esses núcleos, vou continuar a ler!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Ângelo!!

      VOLTAMOS!

      Eu pretendo tornar essa temporada um verdadeiro furacão! Espero que você curta e que se surpreenda bastante! =D

      See ya!

      Delete
  5. Esse início de temporada chegou como um soco no estômago! O que você planeja daqui pra frente, meu caro amigo Dento? Estou de olho!

    Finalmente os Rockets vão começar a se mexer de vez. Giovanni levantou-se de sua cadeira para voltar à cena, como há um bom tempo não víamos. Isso vai ser interessante. Prevejo um reencontro dele com a Amy, o que não vai ser nada legal para quem estiver por perto.

    Fora ele, todos os membros do alto escalão da organização estarão lá. Red também estará lá. Parece que a paz rotineira de Ecruteak está com os dias contados.

    Um excelente começo, cara! Já vou prestar mais atenção daqui pra frente, para que eu não perca nenhum detalhe!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Sigert!

      Chegamos a um início épico. Eu quis mostrar que essa temporada tem uma pegada mais séria do que a anterior e eu espero ter conseguido. kkkk

      Todos os personagens estão voltando à rotina. Desfechos irão surgir junto com novos mistérios e questionamentos que eu ainda estou me fazendo junto com os leitores. As tretas estão só começando.

      Fico feliz que você tenha curtido esse começo. Vamos ver o desenrolar dos próximos capítulos agora. ;)

      See ya!

      Delete

- Copyright © 2015 - 2019 Aventuras em Johto - Dento (Willian Teodoro) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -