Posted by : Dento Feb 18, 2016



Não sabendo da batalha entre Amy, Red e a Equipe Rocket que acontecera anteriormente, Ethan e Forrest rumam à Cidade de Goldenrod. O Sol estava se pondo, e alguns Pokémon ainda caminhavam pelas árvores.

— Está ficando tarde. Vamos passar a noite aqui? — Ethan perguntou.
— Ah, cara, sei lá. Eu comprei Repelente no PokéMart de Azalea. Acho que podemos passar a noite sem problemas.
— Repelentes não assustam grandes Ursaring famintos. MUAHAHAHA! — Amy sorria maleficamente.
— Para com isso, Amy. Você é uma garota, mas é assustadora! Se todas fossem como você, o mundo tava perdido. — Disse Ethan meio assustado.

Amy desferiu um soco na cabeça de Ethan.

— Se o mundo tivesse mais garotas que nem eu, tenho certeza de que não teriam idiotas que nem você nele, moleque. — Disse Amy indignada.
—... Ai. — Ethan lacrimejava de dor.
— Quem com a Amy fere, com a Amy será ferido. — Disse Forrest.
—... Calado. — Disse Ethan.
— Ethan? — Chamou uma voz fraca.

Ao virarem para trás, os garotos deram de cara com os velhinhos do fã clube de Ethan.

— Olá, vovôs! —Sorriu Ethan.

Um dos velhinhos jogou a bengala na cara de Ethan que caiu para trás com o impacto.

— Não somos velhos para sermos chamados de avós! — Reclamou.
— Ai... Mais uma porrada e eu acho que morro. — Disse Ethan lacrimejando novamente de dor.

Katherine avançou à frente.

— Nós não conseguimos chegar a tempo de ver sua batalha no Ginásio de Azalea porque estávamos procurando um presente pra você. — A velhinha estendeu uma PokéBola. — E aqui está.

Ethan pegou a PokéBola.

— Não precisava... — Disse sem graça.
— Somos do seu fã clube. E um presente não vai fazer mal.

Ethan lançou a PokéBola no ar. Dela, saiu um Pokémon estranho e azul. Batia continência.


— “Wobbuffet, um Pokémon Paciente. Ele odeia a luz e choques. Se for atacado, ele infla seu corpo para bombear o seu contra-ataque. Para manter sua cauda escura escondida, vive tranquilamente na escuridão. Nunca ataca primeiro”. — Registrou a PokéAgenda de Ethan.

— Que Pokémon interessante! Obrigado. — Agradeceu Ethan.
— Estaremos aguardando vocês no Ginásio de Goldenrod. E esperamos que você ganhe a insígnia, Ethan. — Disse Katherine.
— Ah... Obrigado. Vejo vocês lá. — Disse Ethan se despedindo voltando a caminhar pela floresta.

Após um bom tempo de caminhada, Amy resolveu falar.

— Cara, você tem um fã-clube? Como assim?
— É porque eu sou um treinador esplêndido. — Disse Ethan se gabando.
— Só que não. Você tem apenas quatro Pokémon consigo. Na boa? Um treinador melhor que você teria no mínimo uns 10 nessa altura do campeonato. — Disse Amy.
— Eu posso pegar quantos Pokémon eu quiser. Sou um ótimo treinador. Posso fazer isso. — Disse Ethan.
— Aham. Sei. — Disse Amy.
— Ah, é? — Ethan começou a procurar pelos lados. Assim que viu um Pokémon, sacou a PokéAgenda.



— “Farfetch’d, um Pokémon Pato Selvagem. Se alguém tenta perturbar o lugar onde os caules da planta essencial para ele crescem, ele usa o seu próprio caule para espantá-lo. Se por algum motivo ele comer o caule que carrega em algum momento de emergência, ele sai em busca de um novo caule”. — Registrou a PokéDex de Ethan.
— Farfetch’d? Parece interessante... Quilava, Ember! — Ethan sacou sua PokéBola e arremessou seu Pokémon no chão barrento da floresta. Quilava fez brasas saírem de sua boca e pegarem Farfetch’d desprevenido, que caiu no chão desmaiado.

— Vai, PokéBola! — Ethan arremessou uma PokéBola vazia em Farfetch’d.

A PokéBola encostou em Farfetch’d, mas não abriu. Ethan olhou sem entender.

— Ué? Mas a PokéBola tava vazia...
— Se ela não abriu, significa que... — Disse Forrest.
— FARFETCH’D!!! — Gritou uma voz.

Um lenhador barbudo saiu correndo com as mãos na cabeça desesperado. Olhou para Amy, Ethan e Forrest com um olhar de fúria. Apontou e começou a gritar.

— LADRÕES!!!!
— Ladrões? Onde? Cadê? — Ethan assustou-se e começou a olhar aos arredores para procurar os ladrões sem perceber que, na verdade, um dos “ladrões” para quem o lenhador gritava e apontava era ele próprio.

Com a gritaria, outros três Farfetch’d saíram de trás do grande homem e começaram a voar desesperados em direções diferentes da Floresta Ilex.

— Farfetch’d! Voltem aqui! — Exclamava o lenhador.

Amy e Forrest entreolhavam-se enquanto Ethan ainda procurava desesperado os tais ladrões.

— Minha nossa... O que será de mim sem meus Farfetch’d?! — O lenhador virou-se zangado para os garotos. — A culpa é de vocês! Se não tivessem tentado roubar um dos meus Farfetch’d, isso não teria acontecido! VÃO PROCURÁ-LOS AGORA!

Os três garotos assustaram-se.

— Como assim? Você quer que a gente vá procura-los?! — Exclamou Amy.
— A gente não roubou Pokémon nenhum! Acontece que o idiota aí não sabia que o Farfetch’d tinha treinador. — Justificou Forrest.
— Hey! — Exclamou Ethan bravo para o moreno.
— Não interessa! Ou vocês vão, ou eu vou chamar a policia! — Disse o lenhador entregando três PokéBolas para os garotos. — Agora andem, andem, andem!

Ethan, Amy e Forrest começaram a correr do lenhador. Não havia escolha se não procurar os três Farfetch’d.

— Olha só o que você fez a gente passar, idiota! — Amy xingava Ethan.
— Desculpa. Da próxima vez eu saio perguntando para os Pokémon se eles tem dono. Não, pera... Pokémon não fala! — Retrucou Ethan.
— Não vamos brigar, ok? Temos três Pokémon para procurar e não fazemos a mínima ideia de onde começar... — Disse Forrest.
— Olha lá! — Ethan exclamou de repente.

Em uma das árvores, jazia um Farfetch’d. Ethan rapidamente lançou uma PokéBola. Sucesso.

— Hahah! Que fácil! Vamos conseguir os outros rapidinho dessa forma! — Bradou o garoto.

Sua voz ecoou por todos os cantos. Um estampido alto fez os garotos se assustarem. Um barulho forte começou a ser produzido. Um mar de nuvens amarelas se aproximava de todos os lados.

— Mas o que é isso?! — Exclamou Amy.
— Ferrou, gente! É um enxame de Beedrill selvagem! — Gritou Forrest.
— Corram! — Alertou Ethan.

O enxame seguia os adolescentes por todos os lados. Não havia por onde se esconder. A única alternativa que restava era enfrenta-lo.

— Vai, Quilava! Butterfree! Ajudem-nos! — Pediu Ethan sacando duas PokéBolas.

Os dois Pokémon saíram e correram em direção ao enxame. Quilava enrolou-se em seu corpo e enquanto deslizava pelo chão, encobriu-se com as próprias chamas. Butterfree sobrevoava os Beedrill e batia fortemente suas asas enquanto emanava um brilho púrpuro delas.

Flame Wheel  e Sleep Powder... — Lia Ethan na PokéAgenda.
— Novos ataques? — Perguntou Amy.

O enxame de Beedrill começou a cair, ora porque estava queimado, ora porque estavam dormindo. Ethan retornou seus Pokémon e Forrest exclamou alto.

— Olhem lá!

Mais um dos Farfetch’d estava perto. Dormindo por entre o enxame de Beedrill. Forrest o retornou para a PokéBola.

— Resta um. — Disse Amy.

Voltando a caminhar pela floresta procurando pelo Farfetch’d restante, Ethan, Amy e Forrest aproximavam-se de uma espécie de casinha de madeira no meio do bosque. Ela era toda talhada a mão e havia uma placa.



— O que é isso? — Perguntou Forrest.
— “Esse santuário foi construído em homenagem ao Guardião da Floresta Ilex: Celebi”. — Leu Ethan.
— “Celebi...”? — Questionou-se Amy atenta.
— Hey! Eu já ouvi falar nesse santuário! Minha mãe me contou uma história sobre ele... Muitas pessoas dizem que o santuário é um símbolo de boa sorte e afasta os maus espíritos da floresta. Outras dizem que o santuário está ligado ao Lendário Pokémon, Celebi, e que este vive no interior do santuário da floresta, como um guardião da floresta. — Disse Ethan.

A bolsa de Amy soltou um estampido. Segundos depois, uma forte luz branca emanou dela e a PokéBola GS começou a flutuar de dentro da bolsa.

Celebi! — A voz de um Pokémon ecoava forte pela floresta.

Os garotos sentiram os pés saírem do chão. Eles foram cercados por uma luz verde-oliva e então tudo desapareceu.

Ao retomarem os sentidos, encontravam-se em algum lugar que não sabiam exatamente onde era. Viram homens de preto saírem de uma torre que começava a pegar fogo. No céu, dois Pokémon enfrentavam-se furiosos.

— Onde estamos? O que aconteceu?! — Berrou Ethan para Amy e Forrest.
— Eu não sei! Há um segundo estávamos na Floresta Ilex! — Disse Forrest.

Amy olhava vidrada para o céu. A boca aberta e o corpo duro emitiam o pavor que ela estava sentindo.


— N... Não pode ser... — Murmurava.
— Quem são aqueles Pokémon? — Ethan perguntou. — Acho que já os vi em algum lugar!
— Eu nunca vi aqueles Pokémon antes! — Disse Forrest.

Ethan tentava lembrar de onde já tinha visto aqueles gigantes. Memórias vinham em sua cabeça, mas nada esclarecia sua dúvida.

Um dos raios de poder que saíra da boca de um dos Pokémon — Um branco com a barriga azul — veio em direção aos garotos. Ethan sentiu um Pokémon escapar de uma de suas PokéBolas e uma mancha azul pular na sua frente.

O Aeroblast atingiu o chão e então tudo desapareceu novamente.

Ethan retomou os sentidos. O já familiar cheiro de planta selvagem invadiu suas narinas. Não havia mais a gritaria apavorada, agora, apenas o silêncio. Wobbuffet ainda estava em sua frente usando Mirror Coat que aparentemente refletira aquele ataque poderoso. Teria aquilo sido um sonho?

— Voltamos à Floresta Ilex? — Perguntou Forrest.
— Acho que sim... Cadê a Amy? — Perguntou Ethan olhando para os lados.

A garota estava a metros de distância, caída no chão. Seu chapéu estava um pouco mais longe. Estava desacordada.

— Amy! — Gritou Ethan correndo para ajudar a amiga.

Minutos se passaram até Amy recobrar a consciência. Ela ainda estava assustada. Não percebeu quando Forrest localizou algo perto do santuário da Floresta e foi ver o que era.

— Ei, pessoal... O que é isso? — Perguntou o garoto pegando a PokéBola dourada e prateada. — Uma PokéBola? Eu nunca vi uma igual a essa antes...

Amy olhou para o que Forrest segurava. Ela levantou-se correndo e tomou o objeto do amigo.

— Isso é meu. E vocês não vão roubar! — Disse ela com fúria.
— Calma, Amy! A gente não vai roubar nada de você! — Disse Forrest assustado com a reação repentina da amiga.
— Nunca toque nela, ouviu? NUNCA! — Berrou.

Ethan e Forrest a encaravam assustados. O que acontecera para a garota agir daquela maneira?

— Amy, você pode ter certeza que a gente nunca vai mexer em nada seu. A gente gosta de você e nunca faria nada para te magoar. — Disse Ethan medindo as palavras para tentar acalmar a garota.

As mãos de Amy afrouxaram cada vez mais. Quando o objeto caiu no chão, Amy caiu de joelhos, chorando muito.

— O que eram aquelas coisas? — Perguntou com os olhos cheios de lágrimas.
— Eu não sei, Amy... Acho que podemos ter aspirado Sleep Powder do Butterfree, dormido e tivemos esse sonho louco... — Disse Ethan abraçando a amiga.
— Calma, Amy... Já passou. — Forrest imitava o gesto de Ethan e abraçou Amy também.


Mais calma, Amy retomou a caminhada pela floresta com os amigos. Ainda restava o último Farfetch’d para procurar.

— Olha, por que a gente não volta e diz que não conseguimos encontrar o outro? Eu tô cansado, sabia? — Disse Ethan parecendo irritado.
— Não... Antes morrer de cansaço do que apodrecer na cadeia. É o que acho. — Disse Forrest também cansado.

O último Farfetch’d apareceu voando por entre a floresta. Ethan pareceu animado em vê-lo, porém, o Pokémon liberou uma gosma branca e fétida que caiu bem sobre a cabeça do garoto.

— Ele... Fez... Cocô... No meu boné?! — Berrou irritado.

Ethan saiu correndo atrás do ligeiro Pokémon que parecia zombar da cara do garoto. Vendo uma pedra de tamanho médio no chão da floresta, Ethan logo arremessou no ar, atingindo a cabeça de Farfetch’d que caiu desmaiado.

— EU VOU FAZER OUTRO BONÉ COM SUA CARCAÇA, SEU MALDITO! — Ethan pegou Farfetch’d e começou a chacoalha-lo no ar. Forrest conseguiu impedi-lo de matar o Pokémon.

— A PokéBola! Use a PokéBola! — Exclamou.
— Ah, é mesmo! — Ethan retornou Farfetch’d para a PokéBola.

Já no fim da Floresta Ilex, os garotos finalmente encontraram o lenhador.

— Hahaha! Vejam só, se não são os ladrões de Pokémon! Encontraram meus Farfetch’d? — Perguntou ele.
— Sim. Os três estão aqui. Ou quase. — Disse Ethan com um sorriso vingativo.
— Como assim? — O lenhador perguntou desconfiado.
— Nada, nada... Enfim, podemos ir agora? — Perguntou Forrest.
— Bem... Já que vocês recuperaram meus Pokémon... Podem sim. Mas se voltarem a roubar Pokémon de novo, eu vou comunicar a Polícia! — Bradou ele.

Os garotos saíram correndo para a saída da Floresta que dava a Rota 34, caminho da Cidade de Goldenrod.

Na procura dos Farfetch’d, um fenômeno misterioso aconteceu. Por que será que Amy esconde a PokéBola GS? Aquilo foi realmente um sonho? Mistérios acontecem sempre no Mundo Pokémon... E a procura de respostas acarretará em novos desafios.



TO BE CONTINUED...





{ 8 comentários... read them below or Comment }

  1. Cá estava eu normalmente, quando decidi ver se um novo capítulo de Aventuras em Johto tinha lançado. E para minha surpresa, tinha lançado sim!
    Esse ficou incrível igual os outros, mas achei um pouquinho melhor. É tão bom, ver Amy e Ethan brigando <3 Mas, os dois ainda vão ficar juntinhos que eu sei.
    E agora o Ethan tem um Wobbufett! Excelente! Gosto muito desse Pokémon e acho que pode ser útil.
    O coitado do Ethan nem sabia que Farfetch'd tinha dono e Amy o culpando, ai, ai. Esperando o próximo.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Victor!

      Ou devo te chamar de stalker? Hahaha

      Brincadeiras a parte, que bom que você curtiu. E fiquei feliz por saber que teve uma melhora, ainda que leve, de um capítulo para o outro. Acho que quer dizer que os capítulos não são a mesma coisa. kkk.

      Você aposta suas fichas em Ethan e Amy? Será que vai rolar? Hehehe...

      E sim, Wobbuffet! É a estreia do meu Pokémon favorito! Ele tem a fama de ser um Pokémon meio rebelde e ruim se tratando de batalhas. Mas vamos ver como é que o Ethan reagirá com ele na equipe.

      E já comentei com o Ethan: Não liga pra Amy. Ela às vezes fica meio cega com as coisas que acontecem ao redor dela. kkkk


      Até a próxima semana!

      See ya!

      Delete
  2. Olá!

    Comédia, mistério e um novo pokemon neste capítulo! Espetacular!!

    Aquela cena do Celebi ficou muito lendária mesmo, adoro estes momentos! Continue!

    Essa cena do Farfetch'd ficou super engraçada, fez-me lembrar os jogos, saudades!!

    Muito curioso esse presente do fã clube de Ethan, adoro-os! Vamos ver como ele vai usar o Wobbuffet!

    Xau!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Angel!

      Que bom que você curtiu! Espero que você continue por dentro dos mistérios soltos pela história... Uhuhuhu

      A cena do Celebi... Então realmente ele não é uma lenda... Resta saber qual é a função dele, porque ele apareceu... Você tem alguma ideia?

      A cena dos Farfetch'd foi inspirada na dos jogos mesmo, mas eu queria trazer algo diferente, pra não ficar monótono. E como eu adoro escrever cenas bizarras, acabam se tornando engraçadas. Espero que eu tenha agradado! Hahahaha

      Sim, o Wobbuffet... Boatos de que ele será uma máquina mortífera. (>~<)7

      See ya!

      Delete
  3. Quem tá na chuva é pra se molhar. E quem tá na Floresta Ilex é pra correr atrás de Farfetch'd.

    Mano, Goldenrod se aproxima! Parece que foi ontem que Johto tava estreando, e agora já vemos a cidade do terceiro ginásio se aproximando! Como o tempo voa! Ah, não, pera... Sua fic que é rápida no gatilho mesmo! Mas isso é uma coisa boa!

    Cara, essa visão aí é coisa da Pokéball GS! Tenho dito! Deu pra perceber na cena. Acho que o Celebi tá dentro dela. Afinal, se a Team Rocket tá atrás, é porque o buraco é bem mais embaixo.

    Essa visão bate muito bem com o passado de Johto, mas não duvido que possa ser uma visão do futuro também. Essas profecias sinistras sempre se concretizam, e algo me diz que Ho-oh e Lugia estão destinados a se enfrentar de novo, e de novo, e de novo...

    Excelente capítulo manim! Nos vemos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Yo, Sigert!

      Parece maldição. Você pisa na Floresta Ilex, vai ter que correr atrás de Farfech'd. Esse treinador merecia ser denunciado por negligência...

      Sim, Goldenrod tá chegando! A fic está bem veloz mesmo... Às vezes eu penso se não é ruim, mas o bom é que eu não preciso ficar enrolando. A história acontece!

      Passado, presente ou futuro? Os enigmas dessa PokéBola GS ficam cada vez mais misteriosos. Eu até agora não faço ideia do que foi essa visão... Profecia ou não, alguma coisa estranha tem acontecido, e possivelmente não é coisa boa.

      Espero que você descubra junto comigo os segredos por detrás dessas visões secretas trazidas por Pokémon...

      E, é claro, ajude o Ethan a caçar os Farfetch'd, por que né?

      See ya!

      Delete
  4. Ei, lindão! Tudo bem? To aqui comentando mais um cap.
    Gente, esses velhinhos são uma figura e deram um baita pokémon pro Ethan! Quem não ama Wobbuffet com aquela carinha de tonto dorminhoco? Espero que o Ethan não seja tão noob e saiba como usá-lo direito.
    Mds, os patinhos tinham dono kkkkk (falei patinho pq não sei escrever o nome mesmo) E o lenhador é um gênio:"Se eles são ladrões e querem pegar meus pokémons, vou dar a pokéball dos pokémons pq vai fazer os ladrões se retratarem". Sorte dele que não eram ladrões de vdd.
    AAAAA NÃO ESPERAVA POR ESSA DO CELEBI AGORA. Acredito que possa ser uma visão do futuro mostrada pelo Celebi, ou uma visão do passado para que eles tentem fazer com que a merda não ocorra de novo ne.
    Ethan e Amy são fofos, mas todo mundo sabe o shipp real é EthanXForrest e AmyXRed! E eu estou certa pq sim!
    Abraços e até o próximo cap!

    ReplyDelete
  5. Yooo Dento

    O FÃ CLUBE ESTÁ DE VOLTA MANO E SURGE UM DOS MELHORES POKÉMON DE JOHTO, WOBBUFFET <3 Adoro como esse Pokémon é full aleatório e isso torna ele incrível.

    E sobre a caça dos Farfetch'd : Quero ver caçar o Sirfetch'd hasuahusuhashuahsu
    Mas sério, é uma das melhores coisas do jogo e eu adoro fazer a quest vei. Caçar Farfetch'd na melhor floresta.

    Melhor floresta pq? PQ TEM UM FUCKING TEMPLO PRO CELEBI MANO! E por falar em Celebi, olha ele aí aprontando ahusahushuahus
    E porra, Ho-oh e Lugia dando as caras também. Pq será que Celebi levou justamente para esse tempo e essa batalha? Seria uma missão para os protagonistas, seria Ethan o escolhido para dar uma de mãe e cuidar dos filhos rebeldes? asuahusahus

    Excelente capítulo, Dento
    Até a próxima <3

    PS : COCÔ DE FARFETCH'D NO BONÉ É 17 ANOS DE AZAR

    ReplyDelete

- Copyright © 2015 - 2019 Aventuras em Johto - Dento (Willian Teodoro) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -